Dia do Cooperativismo

No início era conhecido como o Dia da Cooperação e, mais tarde passou a ser chamado de Dia do Cooperativismo, e atualmente é reconhecido como Dia Internacional do Cooperativismo.
Embora a data oficial tenha sido criada em 1994, a Aliança Cooperativa Internacional (ACI) celebrou pela primeira vez o Dia Internacional em 1923, instituindo a data com o objetivo de comemorar, no primeiro sábado de julho de cada ano, a confraternização de todos os povos ligados ao cooperativismo. Este ano, a data é comemorada no dia 7 de Julho.
O cooperativismo é um preceito que indica a colaboração e a associação de pessoas ou grupos com os mesmos interesses, e com o objetivo de adquirir vantagens comuns para as suas atividades econômicas.
É um dos fundamentos do cooperativismo o progresso social através da cooperação e da ajuda mútua pelo qual aqueles que se encontram na mesma situação conseguem, pela soma de esforços, garantir a sobrevivência.
     Diretamente sobre as relações econômicas, o cooperativismo atua com o objetivo de reduzir custos de produção, ter melhores condições de preço e prazo, ou seja, inferir no sistema em vigor na busca de alternativas.
    A atividade cooperativa, no Brasil, teve início com a construção de um estado cooperativo, através das ações dos jesuítas. Nessa época e, durante muito tempo, foi modelo e exemplo de uma sociedade solidária, que era fundamentada no trabalho coletivo, em que o bem-estar coletivo se sobrepunha ao interesse econômico da produção. Foi um movimento cooperativista que surgiu, inicialmente nos sertões do Paraná, com base nos modelos europeus.
   Atualmente, as ações de cooperativismo estão presentes na agropecuária, na saúde, na educação, nos sistemas de habitação, na forma de cooperativas de crédito, no consumo, nos serviços, na eletrificação e nas telecomunicações.
   O Dia Internacional do Cooperativismo é considerado como um momento ideal de sensibilização dos jovens sobre o caráter empreendedor e o papel social do cooperativismo. A origem da comemoração tem, também o objetivo de proporcionar a toda sociedade o conhecimento dos benefícios, dos valores e dos princípios da atividade cooperativista.
   O movimento cooperativista visa a promoção do diálogo e do entendimento entre as gerações e busca ideais grandiosos como paz, a liberdade e, principalmente, a solidariedade, cujo foco são sempre os direitos humanos. Tornando-se uma comemoração apropriada para trazer a maior uma aproximação com a sociedade, o governo e outras instituições.
   Como tem uma finalidade de promover a melhoria econômica e social, o cooperativismo se baseia em sete pilares que são: a) livre adesão; b) democracia administrativa; c) retorno da proporção das compras; d) juros limitados ao capital social; e) neutralidade política, religiosa e racial; f) pagamentos em dinheiro e à vista; g) fomento da educação cooperativa; h) ativa assistência das cooperativas entre si e em todos os planos, local, nacional e internacional.
    O Dia Internacional do Cooperativismo celebra o fato de que os homens vêm trabalhando em conjunto, desde os tempos mais primitivos, na colheita e na produção de bens.

CERAL, uma cooperativa para todos!