Ata da Assembleia Geral de Constituição da COOPERATIVA DE ELETRIFICAÇÃO

 RURAL DE ANITÁPOLIS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA


Aos  2 (dois) dia do mês de junho de 1967, (mil novecentos e sessenta e sete), nesta cidade de Anitápolis, município de Anitápolis, comarca de Palhoça, do Estado de Santa Catarina, ás 14 (quatorze) horas, no edifício da Prefeitura Municipal, reuniram-se em  Assembleia Geral  para o fim de constituir uma sociedade cooperativa nos termos do Decreto-Lei nº59, de 21 de novembro de 1966 e do Decreto nº60.597, de 19 de abril de 1967, os senhores adiante nomeados e qualificados. Aclamado para presidir a Assembleia, o senhor Padre Guido Stollenwerk, assumiu a presidência e convidou a mim, Salvio Oening, para secretariar a sessão e redigir a respectiva ata, ficando, assim, constituída a mesma. A seguir, o senhor presidente, declarando iniciados os trabalhos, disse que o fim da presente reunião era o da fundação de uma cooperativa de eletrificação rural e de deliberar sobre os estatutos que deverão reger a vida da sociedade e as relações dos associados entre si e cuja leitura mandou em seguida proceder. Terminada a Leitura foram os mesmos estatutos postos em discussão e, como não houvesse objeção sobre qualquer dos seus dispositivos, foram submetidos a votação e aprovados por unanimidade, valendo esta deliberação por uma declaração expressa da vontade livre de cada um de formar a Sociedade. Assim feito, o Senhor Presidente, após consultar a Assembleia, declarou definitivamente constituída, desta para o futuro, a COOPERATIVA DE ELETRIFICAÇÃO RURAL DE ANITÁPOLIS, DE RESPONSABILIDADE LIMITADA, com sede em Anitápolis, com o objetivo de produzir, transmitir e distribuir energia elétrica, para uso domiciliar ou industrial, de modo a atender exclusivamente seus associados, podendo, porém, ter por objetivo a transmissão e a distribuição ou somente a distribuição, conforme determinarem as suas conveniências, sendo seus fundadores todos os associados cujos nomes, nacionalidades, estado civil, profissões e residências se acham discriminados no corpo da presente Ata e na Lista Nominativa, que fica fazendo parte do presente Ato Constitutivo. Em seguida, o senhor presidente disse que, estando constituída a Cooperativa de Eletrificação Rural de Anitápolis, de Responsabilidade Limitada, a dava por oficialmente instalada e convidava os presentes para proceder á eleição dos Membros do Conselho de Administração, do Conselho Fiscal e seus suplentes. Realizada a eleição, foi feita a apuração, dando o seguinte resultado: para diretor-presidente, o Senhor Padre Guido Sttollenwerk, alemão, solteiro, sacerdote, residente em Anitápolis. Para Diretor-Gerente, o Senhor Hamilton Angelo Motta, brasileiro, casado, farmacêutico, residente em Anitápolis, para Diretor Secretário, o senhor Salvio Oening, brasileiro, solteiro, funcionário publico, residente em Anitápolis. Para Conselheiros os senhores José Francisco Schmidt, brasileiro, casado, funcionário publico, residente me Santa Rosa de Lima e José Fernando Hermesmeyer, brasileiro, casado, comerciante, residente em Santa Rosa de Lima. Para os membros do Conselho Fiscal foram eleitos: efetivos, o senhor Adalberto Loks, brasileiro, casado, funcionário publico, residente em Santa Rosa de Lima, senhor Lindolfo Beppler, brasileiro, casado, comerciante, residente em Anitápolis e o Senhor Raul Thomaz de Souza, brasileiro, casado,funcionário publico, residente em Anitápolis e para suplente os senhores Raimundo Luchtenberg, brasileiro, casado, professor, residente em Santa Rosa de Lima, Bertholdo Fernando  Passig, brasileiro, casado, alfaiate, residente em Anitápolis, Julio Kulkamp, brasileiro, casado, funcionário publico, residente em Anitápolis. Logo após, o senhor presidente proclamou os eleitos, considerando-os  todos os empossados. A seguir, foi verificada a subscrição de trezentos e trinta (330) quotas parte, no valor de NCr$ 1650,00 (hum mil seiscentos e cinquenta cruzeiros novos), pelos associados da Cooperativa. A seguir, o Diretor Presidente eleito agradeceu sua eleição e declarou definitivamente constituída a COOPERATIVA DE ELETRIFICAÇÃO RURAL DE ANITAPOLIS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA, tendo como sócios fundadores, todos aqueles que cujos nomes se acham consignados no corpo da presente ata, que assinam juntamente com os estatutos sociais aprovados, Nada mais havendo a tratar, o senhor Presidente declarou encerrada a sessão, do que, para constar, eu Silvio Ludgero Oening, secretario, lavrei esta ata que lida votada e aprovada, vai assinada por todos os sócios que dela constam.

Anitápolis, 02 de Junho de 1967.


Retrospectiva CERAL